Cuidados com as unhas requer cautela

Tirar ou não as cutículas? A cutícula é a barreira natural da unha contra os agentes infecciosos. Portanto, ela não deve ser retirada. O ideal é sempre deixá-las bem curtinhas, hidratadas e empurar com cuidado. Uso de esmalte O excesso de esmalte pode causar o enfraquecimento das unhas, já que os produtos possuem produtos químicos […]

Publicado dia 17/05/2017 às 19:01

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Tirar ou não as cutículas?
A cutícula é a barreira natural da unha contra os agentes infecciosos. Portanto, ela não deve ser retirada. O ideal é sempre deixá-las bem curtinhas, hidratadas e empurar com cuidado.

Uso de esmalte
O excesso de esmalte pode causar o enfraquecimento das unhas, já que os produtos possuem produtos químicos que causam desgaste. Para evitar esse tipo de problema, é importante deixá-las naturais pelo uma semana por mês. consequências de roer unhas

Também conhecido como onicofagia, roer unhas pode trazer sérias lesões e algumas consequências como deformidades e até mesmo destruição definitiva das unhas. Além disso, o hábito pode acarretar infeções bacterianas e virais, já que o pós-trauma deixa uma “porta aberta” para esses micro-organismos, que podem prejudicar a área do contorno da boca, dos dedos, das cutículas e do aparelho digestório.

Contaminações
Contaminação por hepatite acontece pelo contanto com sangue, se uma pessoa infectava usa alicate de unha e equipamentos perfurantes e se fere, por exemplo, o vírus fica em contato com a superfície do aparelho. Uma pessoa não contaminada que utiliza o mesmo equipamento e se ferir também se contamina com o vírus. Por conta desse perigo, recomenda-se sempre um kit manicure pessoal.