Três maneiras de mudar a cor do olho

Existem três formas de se obter uma nova coloração ocular. A primeira e mais corriqueira é através das lentes de contato coloridas. Essa opção é a mais segura, mas é preciso ter muita responsabilidade pois o método requer cuidados extras. As possibilidades de coloração e customização são inúmeras. A segunda forma é a tatuagem. Nesse […]

Publicado dia 17/05/2017 às 01:59

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Existem três formas de se obter uma nova coloração ocular. A primeira e mais corriqueira é através das lentes de contato coloridas. Essa opção é a mais segura, mas é preciso ter muita responsabilidade pois o método requer cuidados extras. As possibilidades de coloração e customização são inúmeras.

A segunda forma é a tatuagem. Nesse processo se faz uma injeção intraocular com tinta pigmentadora. A coloração é aplicada diretamente sobre a íris, que pode estar descolorada devido a algum acidente ou doença. Há casos em que essa tatuagem é feita por motivos estéticos, com o intuito de adquirir uma nova tonalidade nos olhos. A última forma é o implante de próteses no interior do olho. Elas são feitas de silicone e são utilizadas principalmente para tratamento de anomalias, traumáticas, funcionais ou congênitas.

Esses equipamentos diminuem os halos visuais e brilhos intensos que podem surgir após cirurgias ou doenças oftalmológicas. O fim primordial é, portanto, terapêutico. Há relatos, porém, da utilização desse procedimento com fins meramente estéticos, ou seja, para adquirir uma nova cor no olho. Essa utilização, porém, tem causado cada vez mais complicações médicas.