Estalar os dedos é perigoso?

Muitas pessoas gostam de estalar diversas partes do corpo, principalmente os dedos. Algumas acreditam que esse hábito pode causar reumatismo ou o aumento da espessura. No entanto, segundo o ortopedista Lindomar Guimarães Oliveira, isso não passa de mito. O que acontece é uma diferença de pressão entre os lados da articulação criando um vácuo que […]

Publicado dia 15/06/2017 às 11:00

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Muitas pessoas gostam de estalar diversas partes do corpo, principalmente os dedos. Algumas acreditam que esse hábito pode causar reumatismo ou o aumento da espessura. No entanto, segundo o ortopedista Lindomar Guimarães Oliveira, isso não passa de mito. O que acontece é uma diferença de pressão entre os lados da articulação criando um vácuo que regride com o estalo. Por isso, entre um estalo e outro, é necessário um certo tempo. Ao realizar a prática, o líquido sinovial se espalha normalmente, havendo outro estalo quando tiver um vácuo dentro da articulação. Esse líquido é transparente e viscoso, próprio das cavidades articulares e bainhas dos tendões. Porém, se o estalo vir acompanhado de inchaço, calor local e vermelhidão, o médico deverá será procurado.

Outras articulações do corpo podem estalar, porém, com uma frequência menor que nas mãos. O estalo pode ser em contratura muscular, movimentações do pescoço, coluna e em crises de dor. Lindomar Guimarães reforça que o estalo simplesmente não apresenta riscos à saúde”. A crepitação é um estalo parecido com arrebentar bolhas em papel bolha, acontecendo em processos inflamatórios, principalmente dos joelhos.