A moda da barba e seus tipos

A barba está na moda, por isso é cada vez mais comum homens assumirem seus pelos faciais. Mais do que um acessório de beleza, ela faz parte de um estilo de vida, associado intrisecamente a masculinidade. Segundo os barbeiros da Barbearia Colombo, a barba sempre foi utilizada e bem vinda em diferentes culturas do mundo. […]

Publicado dia 06/06/2017 às 19:00

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

A barba está na moda, por isso é cada vez mais comum homens assumirem seus pelos faciais. Mais do que um acessório de beleza, ela faz parte de um estilo de vida, associado intrisecamente a masculinidade. Segundo os barbeiros da Barbearia Colombo, a barba sempre foi utilizada e bem vinda em diferentes culturas do mundo. No entanto, para mantê-la bela, é preciso cuidados e higiene.

O homem que faz a barba em casa deve sempre aparar os pelos para que eles fiquem uniformes. Em relação a limpeza, deve-se lavar a barba durante o banho com xampu e condicionador destinado à cabeça. “Também é importante que após a lavagem se passe pomadas e óleos que amaciem e modelem os fios. Esse cremes previnem irritação e fungos na pele, mantendo-a sempre saudável”, alegam os barbeiros.

Todavia, segundo os profissionais, é importante frequentar barbearias. “O barbeiro orienta sobre higienização, modelagem e a forma eficiente de atingir pontos de difícil visualização, para quem tem o hábito de fazer a barba sozinho”, afirma. O barbeiro possui conhecimentos sobre estética e cuidados. Dessa forma, ele é capaz de avaliar cada cliente individualmente, orientando-o no cuidado e utilizando técnicas específicas que permitirão melhor aparência e saúde para a barba e evitando problemas dermatológicos.

DICAS
Algumas vezes o desejo de manter uma barba volumosa não condiz com a realidade. Grandes falhas ou pelos ralos são uma frustração para quem almeja essa estética. Mas nem tudo está perdido. Segundo os barbeiros, existem técnicas e produtos que corrigem artificialmente as falhas, ou seja, o cobrimento pode ser feito com produtos e não com a estimulação ao nascimentos de novos fios nas áreas. “Caso esse seja o desejo do varão, é necessário que ele procure um médico para avaliação e utilização dos medicamentos estimulantes presentes no mercado”, indicam.

Para os barbeamentos domésticos é essencial aquecer e umedecer a região que será utilizada a lâmina. Também é importante usar cremes e óleos na derme após o barbear. Isso evita irritações e o surgimento de pelos encravados.